Cidade de Tapes a beira da Lagoa dos Patos

Tapes é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul, uma praia que fica na Costa Doce. É uma cidade pequena, com várias fazendas.No centro, há lojas, mas não há lojas muito grandes, como nas cidades grandes.Uma cidade onde há vários casarões, principalmente na beira da lagoa.Os terrenos na beira da Lagoa são os mais caros, onde a maioria são pessoas de origem rica.
Sua população, de acordo com estimativa do IBGE, é de 17.143 habitantes, mas no verão, chegam turistas de muitos lugares.Os bairros são muito calmos, mas o centro, é agitado. É um município que faz parte da mesorregião Metropolitana de Porto Alegre.

A Lagoa dos Patos é considerada a sua maior riqueza natural, sendo responsável pelo desenvolvimento do setor turístico no município.
Eventos de abrangência local, regional e nacional, relacionados ao folclore, música popular, artesanato, dança, automobilismo, pesca, religião, entre outros, contribuem para atrair a Tapes visitantes de várias regiões.

Os povos pré-históricos do município eram os índios Patos, de cultura Guarani, um ramo dos Quíchuas do Peru (também conhecidos por Incas). Povos pacíficos de cultura neolítica. Os Patos foram caçados por aventureiros paulistas que vinham de barco e os levavam para São Paulo como escravos. Foi tão intenso esse tráfico, que dois terços da população do estado de São Paulo falava guarani e não o português.

Em São Paulo os Patos morriam desidratados, pois eram obrigados a vestir roupas de lã (estilo português) e a trabalhar na lavoura sob escaldante sol tropical. Relatos da época diziam que os indígenas eram imorais, pois não tinham vergonha de mostrar suas genitálias. Os que se recusavam a vestir-se eram condenados pelos Tribunais da Santa Inquisição que atuaram no Brasil Colônia.

fonte: http://pt.wikipedia.org

Veja as outras cidades a beira da Lagoa dos Patos:

Tavares
Mostardas
Barra do Ribeiro
Arambaré
Viamão
São Lourenço do Sul
Pelotas
Rio Grande
Porto Alegre
São José do Norte
Palmares do Sul


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário e/ou dúvida que responderei o mais breve possível.

Postar um comentário